Um telefonema pode valer milhares de euros

Há cerca de 2 anos sentia que tinha que aprender mais sobre marketing digital e sentia que tinha que começar a direcionar alguns recursos no sentido de preparar um ajustamento do modelo de negócio da minha empresa de formação, a Bwizer, rumo ao digital.

Sem grande método de pesquisa, ia navegado na Internet e, ao procurar coisas em português, fui naturalmente ter ao Brasil e fui-me apercebendo que estava a emergir (ou tinha emergido não há muito tempo), uma dinâmica muito interessante no mundo do marketing online. No meio desse processo fui entrando em vários funis de venda.

A certa altura deparei com o Congresso de Afiliados (seria a edição 2.0?) e com o Victor Damásio. Como estava no seu funil e fui vendo o conteúdo que ia sendo disponibilizado, comecei a interessar-me mais. Não que me imaginasse a ser um afiliado mas porque o conteúdo do congresso me parecia bem adequado para aquilo que então procurava.

Foi então que, num princípio de noite, já em casa, fui seguindo os passos no sentido de fazer a aquisição do produto. Estava decidido a comprar até que, no momento em que ia pagar e o valor final me apareceu em Euros – mais de €300 – parei! Tinha errado o cálculo do câmbio e esperava não pagar mais de cento e poucos euros e, afinal, o preço era bem superior.

Parei o processo, abandonei o carrinho e fui refletir um pouco mais enquanto jantava.

Passados uns minutos o meu telefone tocou. Era um número não identificado e, apesar de muitas vezes não atender números privados, naquele dia atendi. Do outro lado, surpreendeu-me uma voz brasileira, uma voz que já tinha ouvido:

– Hugo, olá. Daqui é Victor Damásio, do Congresso de Afiliados. Tudo bom?

Estava a achar aquilo um pouco bizarro e lá titubeei um “Olá Victor”. E o Victor continuou:

– Queria apenas que soubesse que, deste lado, está alguém de carne e osso. Não se trata de uma qualquer coisa sem rosto humano. Não; eu estou aqui para o que precisar.

Achei genial mas, ainda lhe disse.

– Mas, Victor, eu não concluí a compra…

Do outro lado, com aquela maneira rápida de falar, mas bem articulada, o Victor respondeu.

– Não tem problema cara. Eu vi aqui uma entrada no carrinho vinda de Portugal e resolvi ligar para agradecer o seu interesse.

Despedimo-nos.

Fiquei uns segundos a pensar que aquilo era um gesto de grande preocupação com um potencial cliente – foi a primeira grande lição que aprendi do Victor e, uns segundos depois, concluía a minha compra do Congresso de Afiliados…

Aquele telefonema foi o clique que precisava para efectuar a minha compra e, depois dessa, fiz várias outras, num total de alguns milhares de euros.

Independentemente do intuito comercial que pudesse existir, o simples facto de alguém se preocupar ao ponto de pegar no telefone e fazer uma chamada, sem sequer tocar no assunto “venda”, apenas transmitindo preocupação com o cliente e conectando com ele, foi poderoso. É poderoso!

E você, faz coisas dessas no seu negócio? Teste e veja o que acontece e diga-me!

Entretanto, o Victor Damásio passou por Portugal e aproveitei para o entrevistar. Foi um momento especial e que resultou em muito conteúdo relevante, que lhe pode ser muito útil, acredito.

Convido-o(a) a ver a entrevista e a dizer-me o que achou.

Thumbnail Victor Damásio.jpg

Um abraço do,

Hugo Belchior

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s